Alexandre Nardoni, condenado pela morte da filha, deixa a prisão pra curtir o Dia dos Pais

Nardoni

Alexandre Nardoni foi condenado a 30 anos de prisão após ser acusado de matar a própria filha, Isabella Nardoni, o caso teve uma grande repercussão no país inteiro e hoje voltou a ser lembrado e comentado nas redes sociais, já que ele deixou o presídio na manhã desta quinta-feira (08).

O motivo de Alexandre Nardoni deixar a prisão é que ele está aproveitando o benefício de saída temporária de Dia dos Pais, sendo esta sua primeira ‘saidinha’ desde sua prisão, no ano de 2008.

O criminoso ficou na P2 de Tremembé, sendo que esta unidade prisional se tornou uma das mais faladas no país inteiro justamente por abrigar condenados que tiveram seus nomes citados nos principais jornais da TV e grandes portais da internet.

No caso de Nardoni, ele progrediu para regime semiaberto no último mês de abril, passando a ter direito não só a estas saídas temporárias em datas especiais, como também poderá arrumar um emprego fora do presídio e retornar ao local somente à noite para dormir.

Uma curiosidade é que Alexandre Nardoni continua negando até hoje que tenha sido o assassino de sua filha, que tinha apenas 5 anos de idade quando foi arremessada do 6º andar de um edifício na Vila Guilherme, em São Paulo.

Em relação a Anna Carolina Jatobá, mulher de Nardoni e que era madrasta de Isabella, ela foi condenada a 26 anos de prisão e também afirma que não assassinou a garotinha. Anna progrediu para o regime semiaberto no ano de 2017.

Jair Bolsonaro usou as redes sociais para criticar o benefício concedido a Nardoni e escreveu: “Hoje o pai, condenado pelo assassinato, é beneficiado pela saída temporária de dia dos pais“.