Aluno de 16 anos morre na escola após sofrer parada cardíaca; a família ficou arrasada

Um aluno de 16 anos morreu nesta última quarta-feira (11), após sofrer uma parada cardíaca na sala de aula, ele estava no segundo ano do ensino médio em Dourados, Mato Grosso do Sul. Os alunos ficaram chocados com o falecimento do colega que acompanhava a aula tranquilamente.

Alguns professores prestaram os primeiros atendimentos até que o Samu – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, chegasse ao local. Os socorristas ficaram mais de meia hora tentando reanimar o adolescente com massagem cardíaca, medicamentos e também usaram equipamentos de ressuscitação, mas infelizmente não conseguiram.

Os pais do menino foram para a escola assim que foram informados sobre o ocorrido e aos prantos acompanharam a tentativa dos socorristas. O aluno enfrentava problemas cardíacos desde criança, inclusive já havia sido submetido a uma cirurgia e usava um marca-passo. A direção da escola suspendeu as aulas, pois todos estavam visivelmente abalados.

O enterro foi no cemitério Santo Antônio de Pádua, em Dourados e todos ficaram emocionados, pois o jovem era muito querido por todos. A escola dará todo apoio aos colegas do aluno falecido, pois estão abalados psicologicamente.

Pessoas que já tiveram uma parada cardíaca, mas sobreviveram têm grande risco de enfrentar o problema novamente, por isso é preciso tomar cuidado redobrado. Porém, mesmo quem não tem fatores de risco conhecidos precisa tomar cuidado.

É preciso ter uma alimentação saudável e ficar atento à prática de exercícios, mas isto não significa que todo mundo precisa ir para a academia, as atividades podem ser feitas em uma praça, ou qualquer outro lugar, o importante é se movimentar sempre. Vale andar de bicicleta, nadar, dançar, correr, jogar bola, a dica é investir no esporte que gosta para ter prazer e fazer sempre.