Após esterilização de detenta, mãe de 8 crianças, caso vira polêmica no interior de SP

Uma detenta foi esterilizada na cidade de Mococa, interior de São Paulo e o caso agora se transformou em uma grande polêmica.

A mulher, mãe de 8 filhos, está no centro de tudo isso, enquanto os órgãos públicos ficam trocando acusações.

A mulher foi presa, acusada de tráfico de drogas. Janaína Aparecida Quirino, de 36 anos, já tinha 7 filhos e no mês de fevereiro deste ano nasceu a 8ª criança, foi quando ela foi submetida a uma laqueadura, após uma decisão judicial de primeira instância.

Porém, a Defensoria alega que a detenta não foi devidamente ouvida neste processo, que acabou sendo ilegal.

A prefeitura de Mococa também contestou o procedimento, mas o juiz responsável pelo caso informou que a mulher consentiu.

O desembargador Leonel Costa alega que é proibido fazer esterilização cirúrgica em mulher durante o parto ou aborto, a não ser aqueles casos onde fica comprovada tal necessidade. Agora a Corregedoria irá apurar a conduta que o juiz teve neste caso.