Astrônomos descobrem novo planeta no Sistema Solar: O Goblin

Astrônomos anunciaram a descoberta de um novo ‘vizinho’. Batizado com o curioso nome de ‘Goblin‘ (ou TG387, se você não for muito íntimo), esse corpo celeste tem superfície gelada e um diâmetro estimado de 300 quilômetros. Ele leva 40 mil anos para dar uma volta ao redor do Sol.

Batizado de TG387 e apelidado de “The Goblin” pelos pesquisadores do Instituto de Ciência de Carnegie, o pequeno planeta está tão distante do sol que o período em que completa uma volta ao redor do astro dura na média de 40 mil anos.

Conforme observado pelos pesquisadores através do telescópio Subaru, no Havaí, cada um dos 14 corpos descobertos que estão próximos da suposta órbita do planeta acabam por engrossar um pouco mais a hipótese de alguns cientistas. “Cada vez que nós encontramos outro desses pequenos objetos, isso nos leva a restringir as posições possíveis em que esse planeta poderia estar”, disse o astrônomo Scott Sheppard em entrevista ao site The Verge. “Eles possuem órbitas bastante semelhantes, mas também há nuances em cada uma, o que pode indicar o local em que [o Planeta X] está.”

O fato é que “Goblin” nos deixa um pouco mais perto da verdade: “Esses são exatamente os objetos que nós precisávamos encontrar para entender a formação e a história do Sistema Solar”, disse a astrônoma Michelle Bannister em entrevista ao The Verge.

Para os responsáveis pela pesquisa, trata-se quase de uma certeza. “Eu estou realmente confiante — algo próximo de 99% — de que o Planeta 9 está lá”, disse Konstantin Batygin, corresponsável pela descoberta do TG387. “Isso ainda deve nos tomar uma década, mas eu estou confiante de que ele está lá“, completou.

Veja também

Nobel de Medicina é conquistado por americano e japonês, com pequisa contra o câncer