BBB19: Gleici Damasceno revela torcida contra participante acusado de agressão

Gleici

O Big Brother Brasil 19 nem começou e já tem polêmica envolvendo um dos novos participantes.

O BBB19 nem começou, mas já está causando a maior polêmica nas redes sociais. Nesta última quarta-feira (09), após serem anunciados, os brothers tiveram seus respectivos passados remexidos pelos internautas.

Vanderson, biólogo e coordenador educacional indígena de 35 anos, natural de Rio Branco, no Acre, foi apontado por muitos internautas como um possível agressor.

E quem fez a denúncia foi a ex do rapaz, Maíra Menezes, que afirma ter sido agredida no passado.

Agressor de mulheres no BBB. Imagina você abrir seu celular cheio de mensagens de amigas perguntando como eu estava. O rosto do meu agressor estava por toda parte, por toda a internet. Meu Deus, só eu sei o que eu vivi. Típico relacionamento abusivo que terminou com uma agressão. Eu terminei ainda amando, mas sabia que ele ia me bater de novo. Na época, com 18/19 anos, não tive coragem de fazer a denúncia. Anos depois, todo esse sofrimento me fez amadurecer e me fez feminista. Eu não sou a única. Sofri muito na época porque ninguém acreditou em mim, mas a verdade aparece e esse ano é ano de OGUM!“, afirmou a moça em seu perfil no Facebook.

+BBB19: participante que é comparada a Tatá Werneck já protestou contra a Globo

A repercussão da acusação foi grande, que até a ex-BBB Gleici Damasceno, que venceu o BBB18, decidiu comentar a respeito.

No Twitter, Gleici declarou sua torcida contra Vanderson, mas sem citar nomes: “Agressor de mulher não vai ter vez comigo. Selecionei algumas pessoas que simpatizei de início, mas é óbvio que ainda não estou torcendo por ninguém. É isso! Mas até já retirei uma pessoa dessa minha seleção“, anunciou.

Curta nossa página no Facebook, sobre o BBB19 e seja o primeiro a ficar por dentro de tudo:
www.facebook.com/BBBTvGlobo

E aproveite para participar de nosso grupo:
www.facebook.com/groups/BBB.br