Brasil comemora gol contra o México imitando choro do Kiko, da ‘Turma do Chaves’

Kiko, personagem da Turma do Chaves, é muito querido pelos brasileiros e já arrancou boas gargalhadas de todos, por isso, alguns jogadores da seleção brasileira escolheram ele como tema para comemorar o gol contra o México.

O Brasil venceu por 2 a 0 e o jogo foi tenso, difícil, com os mexicanos esquecendo a bola e partindo para a agressão.

Mas teve os momentos divertidos, que foram os dois gols brasileiros, como também o momento em que lembraram do Kiko.

Para zombar o time do México, jogadores brasileiros choraram como o Kiko, provocando ainda mais o adversário, que já estava furioso por ver que ia ser eliminado da Copa do Mundo de 2018.

Foi o jogo mais difícil na Copa de 2018

A seleção brasileira encontrou um adversário difícil e ousado, mas venceu o México por 2 a 0 e avançou às quartas de final da Copa do Mundo. Neymar abriu o placar e Firmino, já nos minutos finais, garantiu a classificação. O Brasil espera o vencedor de Bélgica e Japão, que se enfrentam ainda hoje, em Rostov.

Foi a partida mais dura da seleção brasileira até agora. O México não esperou o Brasil; começou o jogo pressionando, marcando o Brasil na frente e dificultando a saída de bola. O sistema defensivo brasileiro, no entanto, fez uma partida segura e, apesar dos 30 minutos iniciais de pressão, a bola quase não chegou ao goleiro Alisson. (EBC)

Ochoa salvou México do vexame

O goleiro Guillermo Ochoa lamentou a eliminação do México para o Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo nesta segunda-feira (2), após derrota por 2 a 0, e disse que a seleção de Tite mereceu avançar no torneio.

É preciso parabenizar o Brasil pelo triunfo, uma equipe com mais qualidade, talento e muito perigosa na frente. É uma vitória muito merecida, buscaram o gol o tempo todo e nós não fomos capazes“, afirmou o goleiro em entrevista à Federação Internacional de Futebol (Fifa).

Responsável por evitar que a derrota mexicana fosse ainda mais larga, Ochoa disse estar satisfeito com sua atuação em particular, mas triste porque o México não chegou às quartas de final.

É preciso pensar em toda a equipe, isso só serve quando todos vencemos. Cada um dá o seu melhor e tenta dar o máximo para o grupo. As coisas não deram certo para o México, no campo faltou precisão em momentos em que poderíamos causar dano“, analisou o goleiro.