Fernando Haddad bate-boca com mulher em igreja católica e ouve que é um abortista

Nesta sexta-feira, dia 12 de outubro, quando o país inteiro comemora o dia de Nossa Senhora Aparecida, Fernando Haddad se envolveu em uma discussão.

O petista discutiu com um mulher dentro de uma igreja católica em São Paulo. Haddad estava participando de uma missa na paróquia Santos Mártires e logo após a solenidade, ele foi abordado por uma mulher e ela alegou que ele não deveria participar da missa, já que era ‘um abortista’.

Fernando Haddad respondeu e disse que é neto de um líder religioso e completou: “Você deve ser ateia”.

Depois a mulher disse em uma entrevista que ‘a presença de Haddad era um sacrilégio’.

A Igreja Católica não permite. Ele é um abortista, não tinha que estar aqui dentro”, disse a senhora.

Haddad aproveitou para discursar em frente à igreja para pedir apoio: “Nunca deixei de olhar todo mundo. Todo mundo é igual, ninguém é melhor do que ninguém”, declarou o petista.

Veja também

Patrícia Pillar responde Regina Duarte, detona a atriz global e viraliza nas redes sociais