Montserrat Caballé morre aos 85 anos, a soprano enfrentava vários problemas de saúde

A Montserrat Caballé morreu aos 85 anos, a cantora é considerada um dos maiores nomes da ópera do século 20. Ela tinha a saúde debilitada havia anos e estava internada. A família não quis divulgar a causa da morte.

‘Morreu uma grande embaixadora do nosso país’, disse o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez.

Caballé ficou famosa no mundo inteiro quando cantou ao lado de Freddie Mercury o hino dos Jogos Olímpicos de 1992, em Barcelona.

A soprano espanhola morreu neste sábado (6) em Barcelona. Ela estava internada desde o mês passado e enfrentava vários problemas saúde há anos.

Ela tinha grande domínio da técnica bel canto e Montserrat Caballé foi considerada um dos grandes nomes da ópera do século 20.

Chegou a interpretar obras de compositores consagrados como Gioacchino Rossini, Gaetano Donizetti e Vincenzo Bellini e fez milhares de apresentações.

Montserrat Caballé ficou conhecida mundialmente pelo dueto “Barcelona” ao lado de Freddie Mercury, líder da banda inglesa Queen. A música foi lançada com sucesso em 1987 e depois se tornou o hino da Olimpíada de 1992, disputada na cidade catalã.

Morte Montserrat Caballé deixa o mundo de luto

​Caballé ficou uma década longe do palco por problemas de saúde e retornou apenas em 2002, fazendo apresentações esporádicas. Ela tinha um tumor benigno na cabeça, que foi descoberto na década de 80.

O funeral de Caballé será em Barcelona nesta segunda-feira (8).

Filha de Carlos Caballé Borrás (1907-1995) e de Ana Folch, Montserrat, de origem humilde, viveu no período após a guerra espanhola. Entrou para o “Conservatori Superior de Música del Liceu”, em Barcelona aos 11 anos de idade. Lá ela estudou técnica de canto com Napoleone Annovazzi, Eugenia Kemény e Conchita Badía. Se formou em 1954 com medalha de ouro. Caballé casou com o tenor Bernabé Martí em 1964 e tiveram dois filhos: Bernabe e Montserrat Martí Caballé (conhecida Montsita).

Em sua família há outras duas “Monserrat”: sua filha, chamada Monsita; e a filha mais jovem do irmão Carles, chamada Montse.

Montserrat falava perfeitamente espanhol e catalão como línguas maternas e também alemão, francês, inglês, italiano e português.

Quando o seu secretário disse que Freddie Mercury queria marcar um encontro, ela negou por não saber quem ele era. Ao ouvir a voz do vocalista do Queen, abriu um espaço em sua agenda sempre apertada para encontrá-lo em Barcelona