Nobel da Economia de 2018 vai para dois americanos

Dois americanos ficaram com o Prêmio Nobel de Economia: William D. Nordhaus e Paul M. Romer. Eles abordaram métodos que favorecem o crescimento sustentável e também a relação entre a economia e o clima.

A informação foi divulgada em Copenhague, a Real Academia de Ciências Sueca: “Desenvolveram métodos que abordam alguns dos assuntos mais fundamentais e urgentes de nosso tempo: o crescimento sustentável em longo prazo na economia global e o bem-estar da população”.

Ainda segundo a Academia Sueca, Nordhaus mostrou em suas pesquisas como é possível que a atividade econômica interage com a química e a física básica para trazer mudança climática.

Nordhaus foi “a primeira pessoa que criou um modelo quantitativo que descreve a interação entre a economia e o clima“, informou a Academia.

Veja também

Eleições em Minas Gerais: Zema e Anastasia estão no segundo turno