Polícia Civil investiga ‘máfia dos concursos’ e deflagra mega operação, inclusive contra o Cespe




A Polícia Civil do Distrito Federal e também de Goiás, deflagrou nesta segunda-feira (30), uma mega operação contra mais de 30 suspeitos de envolvimento na ‘Máfia dos Concursos’. Os investigadores acreditam que estas pessoas estavam prontas para fraudar o ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio.

Em Brasília, a Justiça autorizou a prisão preventiva de pelo menos 5 suspeitos, além de 3 prisões temporários e 8 conduções coercitivas. As buscas também estão sendo feitas e nas redes sociais, muitos protestam contra esta máfia, pois são milhares de brasileiros que investiram muito dinheiro em concurso e agora descobrem que foram enganados.

Entre os suspeitos está um ex-funcionário da Cespe – Centro de Promoção de Seleção e Eventos, que agora se chama Cebraspe. Este suspeito está sendo apontado como o líder do grupo que se especializou em fraudar provas dos concursos.


Este suspeito teria movimentado, só no ano passado, mais de R$ 1 milhão, dinheiro pago por quem estava interessado em conseguir passar no vestibular, independente dos seus conhecimentos. Este funcionário fica responsável por digitalizar as provas e folhas de respostas, por isto tinha acesso a tudo com antecedência. A propina chegada a R$ 20 mil de entrada e depois era preciso pagar mais de R$ 100 mil a ele, que dividia o dinheiro com outros integrantes do grupo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui