Polícia Federal atende Sérgio Moro e não soltará Lula

A Polícia Federal foi surpreendida neste domingo, dia 8, com a decisão do juiz Rogério Faveto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), de soltar o ex-presidente Lula. Pelo menos por enquanto, a Polícia Federal não irá cumprir a decisão e o petista continuará preso.

A PF do Paraná sempre trabalha em sintonia com o juiz Sérgio Moro, e a intenção é acatar o despacho do magistrado que afirma que Favreto é absolutamente incompetente para sobrepor-se à decisão do colegiado da 8a.

Assim a Polícia Federal irá aguardar a decisão do relator do caso, o desembargador João Pedro Gebran Neto, como determinou Sérgio Moro.

Favreto até ligou para a cúpula da Polícia Federal do Paraná ordenando a soltura de Lula, mas foi informado que não o fariam devido o despacho do juiz Sérgio Moro.

Lula está preso há três meses na sede da Polícia Federal em Curitiba.