Polícia Federal cumpre mandados em imóveis de Aécio Neves no Rio de Janeiro

Os executivos do grupo J&F relataram repasse de propina de quase R$ 110 milhões a Aécio Neves

Na manhã desta terça-feira, dia 11, equipes da Polícia Federal e também do Ministério Público Federal cumprem mandados de busca e apreensão em imóveis de Aécio Neves e da irmã dele, Andréa Neves.

Os agentes estão em prédio de luxo que ficam na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, Rio de Janeiro, onde Aécio Neves residência.

A equipe dos investigadores também está em um imóvel em Copacabana, de Andréa, irmã de Aécio Neves.

Esta busca por documentos é parte de operação baseada em delações de Joesley Batista e Ricardo Saud. Os executivos F relataram repasse de propina de quase R$ 110 milhões a Aécio.

+ Receita abre consulta ao 6º lote de restituições do Imposto de Renda nesta sexta-feira (09)

Agentes da Polícia Federal chegaram por volta das 6 horas no imóvel de Aécio Neves na Zona Sul do Rio.

Segundo a Polícia Federal, Aécio Neves comprou apoio político do Solidariedade, pagando R$ 15 milhões e alguns empresários paulistas ajudaram fazendo doações de campanha e caixa 2, através de notas frias.