Segundo Sol: Roberval tem a chance de matar Severo e toma atitude inusitada

Na reta final da novela Segundo Sol, alguns bandidos invadirão a mansão da família Athayde. Todos serão feitos reféns e na frente dos bandidos, Severo e Roberval começarão a discutir.

Um dos marginais irá dizer a Roberval para matar o próprio pai, mas ele não terá coragem.

Os bandidos amarrarão o empresário com Severo, que pedirá perdão por tudo de ruim que fez. Neste momento, pai e filho vão se reconciliar, em uma cena que promete emocionar.

A reconciliação entre pai e filho

Rochelle ainda estará na cadeira de rodas, Roberval na miséria e Severo foi aceito de volta na mansão, mas estará debilitado. Quando todos se tornarem reféns, Edgar e Karen dirão que se não morrerem, serão pessoas melhores.

Roberval culpa o pai por estarem na miséria. Um bandido mandará o empresário atirar no pai após ouvir o que Severo fez. Os ladrões gritarão juntos: “Mata o papai!”.

Após um tempo pensando, Roberval entrega a arma ao bandido e diz que não é um assassino. Pai e filho serão amarrados um de frente para o outro e Severo dirá: “Você devia ter me matado, eu entenderia“.

Arrependido, Severo pedirá perdão ao filho que rejeitou e dirá: “Eu nunca fui um pai pra você. Nem um bom homem, que Zefa sempre mereceu ter. Eu sou um péssimo espécime de gente, egoísta, imoral, corrupto. Eu fiz o mal pra essa família, pros meus funcionários que ficaram sem emprego, pros clientes da minha construtora que compraram apartamentos que foram interditados e ficaram desabrigados“.

Eu reconheço. Você devia ter vergonha de carregar meu sangue dentro de você.  Roberval, os bandidos têm razão, eu sou um ratazana de esgoto“, continuará Severo.

Chega, Severo! Era só o que faltava uma crise de consciência sua numa hora feito essa“, retrucará Roberval.

Eu errei tanto com você, meu filho… Será que posso lhe chamar de filho?”, perguntará Severo.

É o que somos, não é? Apesar de tudo, e por mais estranho que isso possa parecer pelo que fizemos um com o outro, somos pai e filho. Você me deu a vida, é responsável por eu estar aqui, nesse mundo“, responderá Roberval.

Severo agradece e diz que o filho é generoso. “Olha pra mim como um pai olha prum filho e me dê um sorriso. Você nunca me deu um sorriso. Eu nunca vi o senhor sorrir“, pedirá Roberval.

Severo irá rir e também chorar. “Só isso é tudo pra mim, meu pai… Tudo“, dirá Roberval.

Me desculpe, filho, me perdoe“, implora Severo.

Me perdoe também, meu pai“, dirá o empresário, emocionado.

Veja também

Segundo Sol: Maura e Rosa estão grávidas, mas esqueceram a ‘barriguinha’